URH lança Guia de Saúde Mental para servidores

7 de outubro de 2021

Compartilhe!

Atenta às necessidades de cuidado com as emoções dos servidores do Centro Paula Souza (CPS), a Unidade de Recursos Humanos (URH) lançou hoje (7) um e-book com informações e conteúdos voltados à promoção da saúde mental.

“Esperamos que este Guia de Saúde Mental possa auxiliar nossos servidores em suas trajetórias de construção de uma saúde mental adequada, identificação de suas emoções, recursos de ajuda e apoio durante a pandemia”, disse o coordenador técnico da URH, Vicente Mellone Junior, no prefácio da edição.

Conteúdos

O Guia de Saúde Mental conta com uma seção com os principais serviços de saúde gratuitos disponíveis para quem precisa desabafar, falar dos sentimentos e acontecimentos da vida e, até mesmo, necessita de atendimento médico de emergência.

A psicóloga e coordenadora de projetos da Unidade de Ensino Médio e Técnico (Cetec), Rosemeire Ferraz, escreveu um texto específico que ajuda a identificar as diferenças entre as emoções e os sentimentos, principalmente durante a pandemia. O conteúdo traz os resultados de uma pesquisa aplicada pela autora com os servidores do Paula Souza.

O cuidado com as emoções das pessoas com deficiência durante a pandemia também é um dos assuntos do Guia. Cristiane Teixeira, psicóloga e coordenadora de projetos da Unidade de Ensino Superior de Graduação (Cesu), chama a atenção para um dado interessante: segundo a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), agência internacional ligada à Organização Mundial da Saúde (OMS), as pessoas com deficiência podem ser mais afetadas pelo surto de Covid-19. Um olhar atento à saúde mental desta população é fundamental.

A coordenadora do projeto de Treinamento e Desenvolvimento (T&D) da URH, Karen Teixeira, destacou o papel da área de recursos humanos em estar preocupada com a saúde física e emocional dos trabalhadores.

Fique bem

No último dia 21, a URH também promoveu a quarta edição do Bate-papo #FiqueBem, webinar destinado a tratar as emoções dos servidores administrativos e docentes durante a pandemia. O encontro contou com a participação da psicóloga e professora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Daniela Karine Ramos.