Implantação do eSocial requer comprometimento no cumprimento de prazos e exigências legais


5 de fevereiro de 2020

Compartilhe!

Logo do eSocial | Divulgação

A implantação do eSocial traz vantagens e facilita a gestão do negócio, mas também existem desafios a serem superados.

Apesar de inúmeros proveitos, vale ressaltar que com a unificação de todas as informações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, torna-se mais fácil e efetiva a fiscalização e, consequentemente, a aplicação de multas diante de irregularidades e não cumprimento de prazos. Por esse motivo, é fundamental respeitar as exigências constantes em seus respectivos leiautes e evitar inconformidades nas entregas.

Diferente do que muito se pensa, o eSocial não cria e nem altera nenhuma legislação vigente, apenas exige que ela seja cumprida.

O grupo de trabalho responsável pelo eSocial no Centro Paula Souza identificou as principais dificuldades e necessidades para que a implantação do eSocial seja bem-sucedida:

  • Comprometimento de todas as partes envolvidas dentro do processo, para a gestão na qualidade da informação, dentro dos prazos preestabelecidos no eSocial;
  • Gerar uma boa comunicação corporativa entre os participantes desses processos nas tomadas de decisões, estudo na remodelagem de processos, manutenções e alterações das informações;
  • Realizar o planejamento correto das ações, tendo em vista que em casos de uma das partes do processo não efetuá-lo corretamente, irá impedir todos os leiautes seguintes de prosseguirem com suas ações, que resultará em multas;
  • Desenvolver e mediar a promoção de uma mudança cultural dos empregados, para que todos conheçam a importância da boa comunicação e que o trabalho seja efetuado em harmonia, facilitando a rotina de trabalho.

É nítida a importância do eSocial para as corporações e pode ser mais complexo do que se imagina. Então, é necessário estar atento com o compromisso das áreas nas entregas e cumprir determinações e prazos legais.