Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

  1. Home
  2. /
  3. Departamento de Saúde Ocupacional...
  4. /
  5. Núcleo de Promoção da...

Núcleo de Promoção da Saúde Ocupacional – NPSO


O Núcleo de Promoção da Saúde Ocupacional (NPSO) integra o Departamento de Saúde Ocupacional e Benefícios (DSOB). É responsável por orientar e coordenar programas de melhoria da qualidade de vida dos servidores do Centro Paula Souza (CPS), zelar por assuntos relativos à segurança e medicina do trabalho, dar assistência à Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), além de outras atividades correlatas.

Responsável pelo NPSO: Elsa dos Anjos Simões
Contato: npso@cps.sp.gov.br

Esta seção tem caráter meramente informativo e não substitui as publicações em Diário Oficial, disposições do Capítulo VIII: Saúde Ocupacional do Manual Virtual da URH e as orientações emitidas pelo NPSO.

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) busca preservar a vida e promover a saúde do servidor.

Esta seção tem caráter meramente informativo e não substitui as publicações em Diário Oficial, disposições do Capítulo VIII: Saúde Ocupacional do Manual Virtual da URH e as orientações emitidas pelo NPSO.

Adicional de Insalubridade é o pagamento pela execução de atividades ou operações que, por sua natureza, condições ou métodos de trabalho, exponham os servidores a agentes nocivos à saúde, acima dos limites de tolerância fixados, em razão da natureza, intensidade do agente e tempo de exposição aos seus efeitos.


Têm direito todos os servidores que realizem atividades em condições e ambientes insalubres, ficam expostos aos riscos químicos, físicos ou biológicos e mesmo com a utilização dos Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva (EPI/EPC), o risco não é eliminado.

Esta seção tem caráter meramente informativo e não substitui as publicações em Diário Oficial, disposições do Capítulo VIII: Saúde Ocupacional do Manual Virtual da URH e as orientações emitidas pelo NPSO.

REGIME CELETISTA:

Base de cálculo = % de 01 Salário-Mínimo vigente de acordo com o grau homologado.

GRAUS:

(40%) máximo R$ 484,80

(20%) médio R$ 242,40

(10%) mínimo R$ 121,20

REGIME ESTATUTÁRIO (AUTÁRQUICO):

Revogação do ajuste anual IPC a partir de 01/11/2021.
Desta forma os valores fixados para pagamento dos graus de insalubridade são os que segue.

GRAUS:

(40%) máximo R$ 785,67

(20%) médio R$ 392,81

(10%) mínimo R$ 196,38

Instrução Conjunta nº 001.2021- DGFP/DSOB

Esta seção tem caráter meramente informativo e não substitui as publicações em Diário Oficial, disposições do Capítulo VIII: Saúde Ocupacional do Manual Virtual da URH e as orientações emitidas pelo NPSO.

Terceirizada


Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO)


Avaliação e Controle das Exposições Ocupacionais a Agentes Físicos, Químicos e Biológicos

(Última modificação: Portarias SEPRT n.º 1.358 e 1.359, de 09 de dezembro de 2019)


Laudo Técnico das Condições do Ambiente de Trabalho (LTCAT)


Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP)


Ergonomia


Equipamento de Proteção Individual (EPI)


Laboratório

Governo do Estado de SP